História – Diogo Piçarra

 

Check Also

Cheira bem, cheira à Lisboa ! Bela homenagem !!!

 

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *