Estará por Lisboa entre 11-13 Setembro 2015 ? Não perca entrada livre no Teatro Nacional D. Maria II

Bem-vindos a “uma casa nova com 170 anos”. Foi assim que, na apresentação da Temporada 2015/16, Tiago Rodrigues concluiu a sua primeira intervenção enquanto novo diretor do Teatro Nacional D. Maria II (TNDM II), minutos depois de ter anunciado que, no fim-de-semana de 11 a 13 de setembro, “o público terá acesso gratuito a todas as atividades e iniciativas propostas pelo Teatro” nessas datas.

“Considero que entrar num Teatro Nacional é um direito de qualquer cidadão”, sublinha Rodrigues, salientando a iniciativa Entrada Livre como um convite a esse exercício de cidadania. Porém, o programa não se fixará apenas no espaço do TNDM II, partindo mesmo “para lá das paredes do Teatro.”

Assim, e ao longo dos três dias, para além das antestreias das peças que marcam arentrée do TNDM II – as tragédias de Ifigénia, Agamémnon e Electra, escritas por Tiago Rodrigues a partir de leituras de Eurípedes, Ésquilo e Sófocles; e Coleção de Amantes, de Raquel André, a abrir o Ciclo Recém-Nascidos, na Sala Estúdio –, a Praça do Rossio vai acolher uma Feira do Livro de Teatro e um ciclo de leituras de textos dramáticos ao ar livre. O Teatro das Compras, iniciativa anual promovida nas Festas de Lisboa, terá também uma edição extra, a decorrer em lojas da zona envolvente ao TNDM II; e o público mais jovem não será esquecido, com Inês Barahona e Catariana Requeijo a apresentarem É bom mandar? em estreia mundial.

Para além destas propostas, Entrada Livre contará ainda com duas conversas com políticos na Sala Garrett, com dois concertos a decorrer na varanda do Largo de São Domingos, e com uma nova exposição, A Coleção de Partituras do TNDM II, com curadoria de David Cranmer. Tónan Quito descortinará, numa leitura encenada, um pouco daquilo que será o seu Ricardo III, peça de Shakespeare com estreia agendada para outubro.

A fechar esta programação, o TNDM II homenageia, no domingo, a partir das 19 horas, uma das grandes atrizes da ‘casa’: Eunice Muñoz. Com 74 Eunices é assinalado o 74.º aniversário da estreia da atriz, ocorrida em 1941 com a peçaVendaval, de Virgínia Vitorino, produzida pela Companhia Rey Colaço/Robles Monteiro, e encenada, precisamente, no palco da Sala Garrett.

[por Frederico Bernardino] http://www.agendalx.pt/

mais detalhes clicar em –> Teatro D. Maria II

 



About Paulo Costa

Check Also

MEGA SAMBA – Carnaval de Sesimbra cada vez uma referência européia

Em Sesimbra existe a mais antiga Escola de Samba da Europa, sabia ? Desde 1976 …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.