APOSENTADO: Como seria viver em Portugal?

O governo português tem dado estímulos para que estrangeiros aposentados ( reformados) escolham Portugal para passarem grande parte de sua vida ( moradores não habituais) ou mesmo residir em Portugal. São incentivos na compra de imóveis, isenções de impostos e outras facilidades.




Muitos seguidores de nossa página e site têm enviado questionamentos sobre envio de capital, compra de casas e apartamentos etc. aos quais temos orientado e respondido da melhor forma.

O que aconselhamos geralmente é experimentem morar em Portugal por uma temporada, talvez no inverno ou na transição de estações para verificar se se adaptam ao ritmo e clima do país. Dependendo da situação financeira das pessoas, uma mudança definitiva pode trazer dissabores.

Quem dependa apenas de uma reforma hoje, faz contas com câmbio e valores de real/euro de hoje. E em 3-5 anos? Se a economia no Brasil não for bem e o real se desvalorizar ? Como sobreviver com menos euros ? E se a economia em Portugal crescer, aluguéis( arrendamentos) aumentarem exponencialmente?

Há cerca de 3 anos, o governo brasileiro resolveu taxar os aposentados que viviam no exterior em 25% na fonte. Os minguados valores que recebiam fora do país eram ainda “cortados” em 25%.  Imagine -se perdendo 1/4 de seus rendimentos de uma hora para outra? Actualmente está em discussão esta lei.

Portanto, ao pensar em MUDAR DEFINITIVAMENTE, avalie:

  • distanciamento da família e amigos
  • possibilidade de compra de imóvel e não ficar à mercê de crescimento aluguel( arrendamento)
  • escolha de região pelos afectos, pelo clima, pela qualidade de vida e usufruir do que mais gosta
  • saúde público/privado
  • pensar na possibilidade eventual de doenças crónicas ou incapacitação
  • acordos bilaterais da saúde e segurança social Brasil-Portugal

Avaliadas estas questões, sugerimos experimentar temporadas 1 mês, 3 meses, 1 ano antes de mudanças radicais(principalmente durante o inverno que pode ser muito frio para algumas pessoas não habituadas).  Comprar/vender imóveis há sempre prejuízos e desgastes psicológicos enormes, ainda mais numa fase da vida em que as pessoas não estão muito para ” se chatearem ou terem revezes” . Claro que é difícil imaginar-se à priori tantas variáveis, mas nossa experiência mostra-nos que são questões que merecem análise minuciosa. Conhecemos por exemplo,  uma casal de alemães que decidiram vender tudo na Alemanha, comprar uma bela residência na Costa Alentejana, com vista para o mar onde gastaram todas as suas economias para desfrutarem o calor. Passados dois anos, a esposa começou a apresentar sintomas de uma doença ( artrite reumatóide) e o tratamento era apenas feito em hospital a 200 km ( algumas vezes 2 vezes por semana e podendo aumentar a periodicidade). Depois, também complicaram-se as burocracias nas despesas  do tratamento comparticipado pelo governo alemão/português. Analisaram a questão e resolveram vender tudo e voltar para Alemanha pela questão de saúde. Nosso leitor pode questionar ser um facto tão extraordinário e estarmos a “assustar”,  mas somos realistas e na velhice, cada um pode apresentar uma doença crónica se não tivermos a “sorte” de partirmos num infarto(enfarte) fulminante ! Devemos pensar nesta questão assim como casais a pensarem num futuro sem um dos cônjuges. Tenhamos o “pé no chão”  em todas as decisões.

De outro lado, Portugal realmente é uma paraíso pela paz, segurança, serenidade, funcionamento das instituições a contento, ainda tem-se qualidade na saúde pública, escolas e atenção ao idoso e isto pode ser o grande motivador para quem no momento não consegue ” viver” no Brasil, por diferentes questões, principalmente a violência.

No site da Visão (http://visao.sapo.pt/actualidade/economia/portugal-o-eldorado-fiscal-para-estrangeiros=f782835  ) encontram uma bela reportagem sobre o assunto.

A íntegra da legislação vigente encontra em: http://info.portaldasfinancas.gov.pt/NR/rdonlyres/83762009-3DC2-47FC-ABBE-35EFE35E8865/0/IRS_RNH_PT.pdf

 

 



About Paulo Costa

Check Also

Brasileiros em Portugal -“para voltar a caminhar de mãos dadas pelas ruas em PAZ” !

As estatísticas com relação a compra de imóveis, residência e migração de brasileiros a mudarem-se …

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.